Tag Archives: curiosidade

Barack Obama presta novo juramento.

Barack Obama teve de repetir juramento

O presidente do Supremo Tribunal John Roberts, trocou a ordem de palavras do juramento, induzindo B. Obama em erro

Quem seguiu pela televisão, via internet ou por qualquer outro meio de comunicação à tomada de posse de Barack Obama como presidente dos E.U.A. , teve a oportunidade de reparar numa pequena hesitação durante o acto de juramento do ex-senador do Illinois (que já levaria mais que memorizado as palavras que iria ter que proferir no momento de jurar perante a nação americano e o mundo), e que a mim me pareceu por manifesto nervosismo devido à importância do acto em si. Podem ver o vídeo no final do artigo anterior, aqui.

Pois bem tal hesitação deveu-se ao facto de o presidente do Supremo Tribunal, John Roberts, ter trocado a ordem das palavras induzindo assim em erro (e daí o visível “engasgar”) Barack Obama.

Ainda ontem ( 21/Janº/2008 ) o presidente fez questão de repetir as palavras solenes na “Sala dos Mapas da Casa Branca”, perante um reduzido número de personalidades, apesar de o responsável pelos assuntos jurídicos, Grega Craig, ter afirmado que o primeiro juramento que havia sido feito era considerado válido e vinculativo à luz da Constituição Americana.

Citando o próprio G. Craig:

«(…) o juramento está inscrito na Constituição. Por mera precaução, já que uma palavra estava deslocada, o presidente do Supremo Tribunal procedeu à prestação do juramento pela segunda vez».

De referir que não houve câmaras de televisão a testemunhar este acto que durou cerca de 30 segundos, e que só existe fotografias e áudio para comprová-lo.

casper™

Userbar Makers Portugal


O salário milionário de Vitor Constâncio.

A actual crise mundial não é para todos

O salário mensal do actual governador do Banco de Portugal é cerca de 18 vezes o rendimento nacional «per capita».

Vitor Constâncio admite e defende redução do seu  salário, pudera ao final de tantos anos a engordar a sua conta bancária, eu próprio defenderia a redução de vencimento.

casper™

Userbar Makers Portugal

Diz que valor não depende dele

O governador do Banco de Portugal (BdP), Vitor Constâncio, reagiu já à polémica em torno do seu salário, admitindo que o mesmo devia ser reduzido.
O «Jornal de Negócios» avançou na sua edição desta terça-feira que o supervisor português está entre os mais bem pagos, ultrapassando mesmo o homólogo dos EUA, presidente da Reserva Federal, Ben Bernanke.

Diz o diário que, para o Ministério das Finanças português, o cargo ocupado por Vítor Constâncio vale uma remuneração de perto de 250 mil euros por ano, cerca de 18 vezes o rendimento nacional «per capita».

Já para a Administração norte-americana, o lugar ocupado por Ben Bernanke justifica apenas 140 mil euros anuais, ou seja, 4,2 vezes o rendimento «per capita» dos EUA.

Confrontado com a polémica, o governador, que falava à margem de um encontro promovido pela Câmara de Comércio e Indústria Luso-Espanhola (CCILE), lamentou que, apesar de existirem «outros reguladores (remunerados) ao mesmo nível, só se fale de um».

E lembrou que o valor não é fixado pelo próprio. «Isso não depende de mim», afirmou. Porque, se dependesse, Constâncio defendeu já por várias vezes que «deveria haver uma redução».

Quanto ganha um espião em Portugal?

Salário pode chegar aos 3.000,00 €/mês
Salário pode chegar aos 3.000,00 €/mês

Ordenado de um agente secreto do topo pode chegar aos três mil euros por mês.

Já um aprendiz de espião… fica-se pelos 700 euros

Ser agente secreto em Portugal pode permitir receber um salário de três mil euros por mês. Um valor que era desconhecido e que a Direcção-Geral da Administração e do Emprego Público (DGAEP) agora divulga. Três mil euros por mês é o salário de alguns espiões, no entanto, um aprendiz recebe apenas 758 euros.

O ordenado de um agente secreto no topo de carreira não fica muito longe do vencimento dos directores das secretas, que recebem cerca de 3638 euros. A este valor são acrescidos os diversos subsídios e ajudas de custo.

Ao Correio da Manhã fonte oficial da Presidência do Conselho de Ministros esclarece que «nos últimos 10 anos tem havido perda de competitividade em termos salariais, face ao crescimento do SEF e da PJ». O começo de carreira para um jovem estagiário não fica para além dos 758 euros. A mesma fonte esclareceu ainda que a divulgação destes dados coloca Portugal em desvantagem, uma vez que os congéneres estrangeiros não divulgam esta informação.

Também ao Correio da Manhã, o deputado Nuno Magalhães, do CDS-PP, considerou que os salários são «manifestamente baixos». «É preciso ter em atenção o tipo de tarefas e de responsabilidade das mesmas».

casper™

Userbar Makers Portugal

A anedota mais antiga do mundo.

Humor escatológico era tão popular entre os povos antigos como é hoje em dia

A anedota mais antiga de que há registo tem assinatura suméria, remonta a 1900 a.C e sugere que o humor escatológico era tão popular entre os povos antigos como o é hoje em dia.

Segundo o jornal El Mundo, a anedota em questão é breve e reza assim: «Algo que nunca aconteceu desde tempos imemoriais: uma mulher jovem não deu um traque sobre os joelhos do seu marido».

Os sumérios viveram no que é hoje o sul do Iraque e a anedota encabeça a lista das 10 mais antigas publicada quinta-feira pela Universidade de Wolverhampton, na Grã-Bretanha.

Uma piada de 1.600 a.C. sobre um faraó, talvez Snofru, vem citada na lista como a segunda mais antiga: «Como divertes um faraó aborrecido? Pões a navegar um bote carregado com mulheres jovens vestidas apenas com redes de pescar e pedes ao faraó que vá apanhar peixe».

A anedota britânica mais antiga data do século X e revela a faceta de humor com segundo sentido dos anglo-saxões: «O que pende da coxa de um homem e quer meter-se num buraco em que frequentemente se mete alguma coisa? Resposta: Uma chave».

«As anedotas mudaram ao longo dos anos, algumas adoptando o formato de pergunta e resposta, enquanto que outras são engenhosos provérbios ou adivinhas», disse o autor do relatório, o professor universitário Paul McDonald, citado no jornal.

«O que todas elas têm em comum, explicou McDonald, é uma disposição para enfrentar tabus e algum grau de rebelião. Os jogos de palavras modernos, as anedotas de raparigas da cidade de Essex e o humor escatológico podem ser encontrados nas primeiras anedotas identificadas nesta investigação».

casper™

Userbar Makers Portugal

Internet faz bem ao cérebro.

Umas horas "perdidas" na internet estimula o cérebro.
Umas horas”perdidas” na internet, estimula o cérebro.

Contrariando o que de início se julgava, que passar muitas horas em frente de um computador que poderia ser prejudicial, (mais ou menos a ideia básica, de que jogar muitas horas um jogo no pc faz mal ao cérebro). Saiu um estudo que conclui que afinal até benéfico e em especial para as pessoas mais idosas,  perder-se umas horas a pesquisar na internet.

casper™

Userbar Makers Portugal

Pesquisar na Internet faz bem ao cérebro

Estudo garante que o processo activa redes neurais que controlam a tomada de decisões e o raciocínio complexo.

Pesquisar na Internet pode servir para manter o seu cérebro em forma à medida que vai envelhecendo. Pelo menos é que o diz um estudo da Universidade da Califórnia, publicado na revista American Journal of Geriatric Psychiatry, diz o ADN.

De acordo com os cientistas, as pesquisas activam os centros neurais que controlam a tomada de decisões e o raciocínio complexo, o que pode ajudar a estimular e até melhor o funcionamento do cérebro.

«Os resultados são animadores. As tecnologias informatizadas podem ter efeitos psicológicos e benefícios para as pessoas mais velhas», disse Gary Small, o principal investigador do estudo.

Nesta experiência participaram 24 voluntários, com idades entre os 55 e 76 anos e com funções neurológicas normais.

Cerveja vs Barriga.

Afinal a cerveja não "faz" barriga

Afinal a cerveja não "faz" barriga

Estará este mito finalmente desmistificado?

casper™

Userbar Makers Portugal

Será o fim de um mito? Uma das conclusões do Simpósio Cerveja e Peso Corporal: Mitos e Realidades, que teve lugar este sábado na Faculdade de Medicina de Lisboa, é que «não existem evidências científicas que provem que a cerveja é responsável pela famosa barriguinha, antes pelo contrário, esta bebida tem um efeito protector sobre o peso corporal, obesidade abdominal e síndrome metabólica».

Segundo um especialista dinamarquês em nutrição «a prevalência da síndrome metabólica é ligeiramente inferior entre os que bebem cerveja e vinho, em comparação com os que não bebem». Arne Astrup, que também é presidente da Associação Internacional para o Estudo da Obesidade, focou a sua intervenção na obesidade abdominal, o factor que mais contribui para a síndrome metabólica. Explicou, igualmente, que nos consumidores regulares de álcool, o risco de desenvolverem síndrome metabólica vai reduzindo com o aumento do consumo de álcool, com um efeito semelhante nos homens e nas mulheres. Precisamente o contrário do mito instalado de que a cerveja é responsável pela obesidade abdominal.

De acordo com os diferentes estudos apresentados por Arne Astrup, é o não consumo de álcool que aumenta, efectivamente, o risco de se desenvolver a síndrome metabólica. Curiosamente, ficou a saber-se que as bebidas alcoólicas têm um efeito benéfico no colesterol bom, nos triglicéridos, e nenhum efeito na pressão arterial, nem na glicose. Aqueles que consomem mais bebidas têm uma circunferência da cintura mais reduzida do que aqueles que não bebem nada ou que consomem uma ou menos do que uma bebida por mês.

Outro factor surpreendente é que há provas concretas de que a cerveja não conduz a um aumento da obesidade abdominal ou à síndrome abdominal. Num estudo experimental feito pela sua equipa, onde compara o consumo de refrigerantes, vinho e cerveja, constata-se que o consumo de cerveja leva à ingestão de menos calorias, uma vez que possui menos calorias do que o vinho e os refrigerantes.